TRATAMENTO DO CÂNCER
Cirurgia

A cirurgia é a mais antiga forma de tratamento dos tumores e é a principal modalidade de tratamento dos tumores sólidos. Ele consiste em extirpação do tumor benigno ou maligno, tanto como tratamento como para diagnóstico. A principal ideia frente a qualquer câncer é a sua eliminação por completo e a cirurgia sempre tentará remover os tumores para alcançar as melhores chances de cura. O cirurgião oncológico é o especialista preparado para a realização dos procedimentos cirúrgicos oncológicos de diagnóstico e tratamento.

Cada vez mais, temos a necessidade de tratar câncer em centros especializados onde o cirurgião esteja preparado para saber qual é o momento em que a cirurgia possa estar atuando. Algumas vezes o tratamento pode iniciar por outras modalidades como quimioterapia ou radioterapia para que a cirurgia seja mais fácil e para que muitas vezes obtenha melhores resultados. A integração com os demais profissionais e a experiência de um tratamento realizado por uma equipe multidisciplinar farão toda a diferença na condução do melhor tratamento. O cirurgião deverá ser parte fundamental do tratamento dos tumores, pois o maior impacto no prognóstico dos pacientes com câncer sempre é dado pelo resultado que a cirurgia obteve.

A cirurgia também se destina a colocação de sondas para alimentação diretamente no trato gastrointestinal como jejunostomias e gastrostomias. Com a inclusão de novas tecnologias pode-se realizar procedimentos minimamente invasivos por vídeolaparoscopia e videotoracoscopia. A cirurgia vídeolaparoscópica vem sendo cada vez mais utilizada no diagnóstico e tratamento de tumores. Os resultados oncológicos das cirurgias realizadas por vídeo tem se mostrado semelhantes ou até superiores as convencionais. Vale ressaltar que estes resultados são alcançados por profissionais treinados em cirurgia oncológica convencional e que utilizam o vídeo como método para a realização. Alguns procedimentos videolaparoscópicos estão bem aceitos e outros estão em fase de pesquisa e somente deverão ser oferecidos em estudos clínicos.

O cirurgião oncológico desempenha ainda a colocação de cateteres para a realização de quimioterapia. Sabemos que as veias dos braços muitas vezes são inadequadas e inseguras para a colocação de quimioterapia. Para a infusão segura de quimioterapia muitas vezes será necessário a colocação de porto-a-cath que são reservatórios implantados totalmente sob a pele e que servem com via de infusão de quimioterapia. Sempre pergunte ao seu cirurgião a melhor maneira para realizar o seu tratamento e em que momento a cirurgia deverá ser realizada!