TIPOS DE CÂNCER
Sarcoma

O que é?

    São tumores que se desenvolvem no corpo que tem origem principalmente de células que fornecem sustentação com células dos ossos, células de gordura, células que constituem nossos vasos sanguíneos, músculos, cartilagens, pleuras, meninges e inúmeras outros tipos de células.

Como ele se manifesta?

    Os sarcomas geralmente com nódulos ou massas tumorais . Geralmente os pacientes referem ter acontecido algum trauma no local onde o tumor apareceu no entanto não existe correlação comprovada . Os sarcomas podem se manifestar em todos os locais do organismo mas os locais mais frequentes são membros seguido do retroperitoneo(parte posterior do abdômen).

Como fazer o diagnóstico?

    Geralmente os sarcomas são suspeitados pelos pacientes e por achados em exames de rx, ecografias , tomografias ou ressonância magnética. O diagnóstico depende de biópsias do tumor juntamente com estudos de imuno-histoquímica que são corantes utilizados pelos patologistas para definir origem do tumor bem como definir indicador de prognóstico.

Quais os principais tratamentos?

    O principal tratamento do qualquer sarcoma é a retirada cirúrgica. O tratamento poderá ser iniciado com quimioterapia e ou radioterapia dependendo do tipo e localização. Para outros tumores será utilizado radioterapia e ou quimioterapia no pós-operatório. Portanto não existe um tipo exclusivo de tratamento para os sarcomas. O recomendado é ser tratado em centro de oncologia que possua profissionais experientes nesta doença e que de maneira multidisciplinar.

Quem eu devo procurar?

    Pacientes que tenham suspeitas de sarcomas devem procurar Instituições que possuam cirurgiões oncológicos, oncologistas clínicos e radioterapeutas(médicos especialistas em radioterapia).

Quais os fatores de risco?

    A maioria dos sarcomas não possui causa de desenvolvimento. A exposição ocupacional a agentes químicos com torotraste, cloreto de vinyl, arsênico estão associados a tipos específicos de sarcomas. Alguns herbícidas estão relacionados a sarcomas. Exposição a radiação previa pode ser associado a este tipo de tumor. Linfedema crônico e algumas predisposições genéticas também estão associados com o desenvolvimento de sarcomas.

Prevenção - Como realizar?

    A maioria dos sarcomas não são passíveis de prevenção. Evitar exposição a agentes tóxicos e radiação são as melhores maneiras de previnir aparecimento de sarcomas. Pacientes com predisposição genética deverão ser acompanhados por equipes que trabalhem com sarcomas.

Após o tratamento como fazer acompanhamento?

    O paciente deverá ser acompanhado por no mínimo 5 anos com exames de revisão periódicos ( exame físico, exames de laboratórios e exames imagens ex: ecografias ou tomografias) sempre com equipes multidisciplinares.