TIPOS DE CÂNCER
Melanoma

O que é?

    Um dos tipos de câncer de pele. O mais sério e o mais preocupante (diferente dos chamados carcinomas).

Como ele se manifesta?

    Manifesta-se como um sinal de pele, de cor escura, novo (“não existia antes”) ou por uma mudança na forma e cor de um sinal já existente. Um sinal de pele que muda de cor, apresenta sangramento ou uma ferida de pele que não cicatriza merecem atenção. Uma ferida ou sinal na mucosa da boca (revestimento da boca e bochechas) que não desaparece ou cicatriza também merece atenção.

Como fazer o diagnóstico?

    O diagnóstico é feito pela análise pelo médico (dermatologista ou outro que ordenará a retirada do sinal. Esta biópsia será sempre encaminhada para exame pelo médico patologista que fornecerá o diagnostico pela análise sob o microscópio.

Quais os principais tratamentos?

    O tratamento é uma cirurgia para extirpação completa do sinal e da área onde estava o que pode significar uma segunda cirurgia para aumentar as margens de segurança. Em paralelo será feita uma pesquisa por ínguas nas regiões próximas ao local do melanoma conhecido com linfo nodo sentinela. Na presença de envolvimento por melanma de uma destas ínguas , uma cirurgia desta região de linfonodos estará indicada. A necessidade ou não de tratamentos ou exmes complementares dependem dos resultados estas cirurgias iniciais.

Quem eu devo procurar?

    Procure seu médico clínico ou cirurgião ou dermatologista para avaliar a sua queixa de sinal cutâneo . Ele procederá exame direto e poderá encaminha-lo a um especialista.

Quais os fatores de risco?

    Os melanomas estão relacionados à exposição solar, muito mais importantemente durante os anos iniciais de vida. Evite a exposição excessiva ao sol, use protetores ou bloqueadores ou filtros solaresem todo o corpo especialmente nos horários de 10 horas às 16 horas. Pessoas de pele clara tem maior risco e devem ser mais rígidos nesta proteção. Pessoas com parentes de primeiro grau com melanoma devem alertar o médico sobre este fato.

Prevenção - Como realizar?

    Evitando exposição solar excessiva para você (toda a vida) e para os seus filhos e dependentes menores se estará prevenindo e educando para a possibilidade de melanoma no futuro.

Após o tratamento como fazer acompanhamento?

    O acompanhamento clínico e dermatológico devem ser regulares observando os sinais acima ou qualquer alteração na região operada ou região de ínguas. O seu médico fará uma programação sobre a freqüência das consultas e exames necessários.