TIPOS DE CÂNCER
Câncer de Pulmão

O que é?

    São os tumores malignos que se originam nas células do pulmão ou dos brônquios. Existem diferentes tipos de câncer de pulmão, com particularidades relacionadas ao seu diagnóstico e tratamento.

Como ele se manifesta?

    O câncer de pulmão pode estar presente mesmo na ausência de sintomas, sobretudo em suas fases iniciais. Os sintomas mais comuns da doença são surgimento de tosse ou mudança no seu padrão, falta de ar, chiado no peito persistente, presença de sangue no escarro, dor na região torácica, emagrecimento, entre outros. Todo indivíduo, sobretudo se fumante ou ex-fumante, que manifeste tais sintomas deve realizar uma avaliação médica.

Como fazer o diagnóstico?

    Na suspeita inicial, são realizados exames de imagem, como radiografia ou tomografia de tórax. Posteriormente, busca-se a confirmação diagnóstica através de uma biópsia, que poderá ser realizada através de uma fibrobroncoscopia (endoscopia respiratória) ou através de uma biópsia percutânea guiada por ecografia ou tomografia.

Quais os principais tratamentos?

    A escolha do tratamento dependerá do tipo de câncer de pulmão e da extensão da doença. A cirurgia geralmente é o método de escolha para os casos localizados, podendo ser complementada com quimioterapia e/ou radioterapia para aumentar as chances de cura. Casos de doença mais extensa podem ser tratados com radioterapia, quimioterapia ou a combinação dos dois métodos.

Quem eu devo procurar?

    No início da investigação, um médico internista (clínico geral) ou pneumologista pode ser consultado. Após a confirmação do diagnóstico, deve ser feita uma avaliação com o oncologista e/ou um cirurgião torácico. Uma abordagem multidisciplinar envolvendo o clínico, o oncologista, o cirurgião torácico e o radioterapeuta, é fundamental para a adequada escolha terapêutica e o sucesso do tratamento.

Quais os fatores de risco?

    O principal fator de risco para o câncer de pulmão é o tabagismo. O risco é proporcional à quantidade de cigarros consumidos ao longo da vida. Ex-fumantes têm o seu risco de contrair a doença, reduzido de forma significativa após pararem de fumar, motivo pelo qual a cessação do tabagismo deve ser recomendada a todos os fumantes.

Prevenção - Como realizar?

    A melhor maneira de prevenir o câncer de pulmão é evitar o tabagismo ou promover a cessação do mesmo naqueles que já contraíram o hábito. Educar crianças e jovens a respeito dos malefícios do cigarro é fundamental para a prevenção de casos futuros de câncer de pulmão.

Após o tratamento como fazer acompanhamento?

    Todos os pacientes tratados de um câncer de pulmão deverão manter acompanhamento médico para realização periódica de avaliação clínica e exames complementares, visando detectar precocemente uma eventual recidiva ou surgimento de um novo tumor primário.